Telefone

(84) 3211-3780 / 3211-3781

Whatsapp

(84) 99163-1918

Endereço:

Av. Antônio Basílio, 3117 - Lagoa Nova - Natal/RN

Quais as causas da Osteoporose?

O que é a Osteoporose?

A osteoporose é uma doença caracterizada pela diminuição da massa óssea, o que faz com que os ossos fiquem mais frágeis, aumentando o risco de fratura. Essa doença é silenciosa, não sendo normalmente notados sintomas e o diagnóstico é feito, na maioria das vezes, após a ocorrência de fraturas, por exemplo.

A osteoporose é muito associado ao envelhecimento, uma vez que com o passar dos anos o organismo perde progressivamente a sua capacidade em metabolizar e absorver o cálcio, por exemplo. No entanto, alguns hábitos de vida também podem influenciar na ocorrência da osteoporose, como o sedentarismo, má-alimentação e o consumo de bebidas alcoólicas.

Apesar dessa doença não ter cura, o tratamento pode ser estabelecido com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da pessoa e diminuir o risco de fraturas e de doenças associadas. É importante que a pessoa tenha um estilo de vida saudável, com a prática de exercícios físicos regular, mas o médico também pode recomendar o uso de suplementos ou medicamentos que ajudam no processo de reabsorção de cálcio e formação da massa óssea.

Na maioria das vezes, ela é assintomática, no entanto pode ser notada por meio da fratura que algum osso após um leve impacto, por exemplo. Além disso, pode ser indicativo de osteoporose a diminuição da estatura em 2 ou 3 centímetros e a presença de ombros caídos ou de corcunda.

A partir da avaliação dos sintomas, o médico pode indicar a realização de um exame de imagem que indica a perda de massa óssea, a densitometria óssea. Esse exame pode ser realizado anualmente ou a cada 2 anos após o diagnóstico da osteoporose para ajuste da dose do medicamento.

Quais as principais causas?

A osteoporose é uma doença muito relacionada com o envelhecimento, sendo mais comum nas mulheres após os 50 anos devido à menopausa. Outras causas que podem favorecer a osteoporose são:

  • Disfunção da tireoide;
  • Doenças autoimunes;
  • Deficiência de cálcio;
  • Sedentarismo;
  • Alimentação pobre nutricionalmente;
  • Tabagismo;
  • Alcoolismo;
  • Deficiência de vitamina D.

Essas situações fazem com que o organismo não funcione da maneira adequada, havendo um desequilíbrio entre a formação e a destruição óssea, tornando os ossos frágeis e com maior probabilidade de fraturas.

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *